IAB RS ganha Comissão de Acervo

Data: 18/12/2019
Fonte: Sabrina Ortácio - jornalista

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS) agora tem uma Comissão de Acervo (CA) que irá auxiliar o projeto de extensão Acervos IAB RS, que é fruto de um Acordo de Cooperação Técnica com o curso de Museologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

O anúncio da CA foi feito na sede da entidade na noite da última terça-feira (17/12) pela prof. Dra. Jeniffer Cuty, coordenadora do projeto, durante a palestra de apresentação sobre o primeiro ano de atividades. O evento também contou com a participação da arquivista e historiadora responsável Raquel Fonseca e do bolsista Osmar Weyh (biblioteconomia/UFRGS).

No primeiro ano de trabalho do projeto, com apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS), foi possível realizar a organização do acervo pessoal da Arquiteta Enilda Ribeiro, doado ao IAB RS; a organização da Hemeroteca; além de desenvolvimento do ciclo de palestras Memória e Direitos Humanos. Ainda foi realizada a implementação do sistema Open Source Biblivre5, que permite a catalogação, gestão, tanto de livros como do fluxo de empréstimos, planilhas de controle e demais rotinas administrativas de uma biblioteca.

Confira os integrantes da Comissão de Acervo do IAB RS:

Arquiteta Tamáris Pivatto (IAB RS)
Arquiteto Alexandre Bento (IAB RS)
Arquiteto Tiago Holzmann da Silva (CAU-RS)
Arquiteta Jeniffer Cuty, Profa. Dra. (Museologia/UFRGS)
Raquel Fonseca (Arquivista e Historiadora)
Profa. Dra. Márcia Bertotto (Museologia/UFRGS)
Prof. Dr. Moises Rockembach (Arquivologia/UFRGS)
Arquiteto Leandro Marino Vieira Andrade, Prof. Dr. (UFRGS)
Arquiteta Ana Rosa Sulzbach Cé, Profa. Me. (PUCRS)
Arquiteto Lucas Volpato, Prof. Me. (IAB RS e UniRitter)
Arquiteta Nathália Cantergiani (Cantergiani e Kunze Arquitetos)
Arquiteto Jorge Stocker Jr. (Vale dos Sinos; Conselheiro Estadual de Cultura)
Conservadora-restauradora Fernanda Matschinske

A Comissão de Acervo (CA) possui a atribuição de contribuir com a preservação dos acervos de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul, reconhecidos pelo IAB RS e salvaguardados em sua sede, bem como acervos de relevância para o campo da Arquitetura e do Urbanismo regional e nacional.

A CA IAB RS ainda irá elaborar o Regimento do Museu do Ofício da Arquitetura e do Urbanismo do RS, de modo a viabilizar o seu registro na Cadastro Nacional de Museus do IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus), além de auxiliar na formalização de documentos, bem como na captação de recursos para a manutenção e a visibilidade dos acervos.

De acordo com Jeniffer Cuty, a possibilidade de organizar o acervo mostrou que existe uma riqueza documentos, objetos e livros que podem ser disponibilizados para arquitetos e pesquisadores da cidade. “Estamos ainda num momento de descortinar o que existe, mas já temos vários instrumentos da arquivologia que foram feitos durante esse ano, como a tabela de temporalidade”, informa.

No acervo da Enilda Ribeiro, por exemplo, foi identificada toda a trajetória social e política da arquiteta e um diálogo com Demétrio Ribeiro, que era seu marido. “Como isso é importante para entender a atuação dos arquitetos em vários momentos e toda a correlação com outros países como Cuba e Rússia, no âmbito sociológico e político”, observa Jeniffer Cuty.

Ela acredita que o projeto possa seguir por mais dois anos, realizando a caracterização e descrição dos documentos, ampliando a identificação de objetos museológicos, como as obras de arte, e disponibilizando uma parte da biblioteca on-line. Jeniffer informa ainda que o projeto busca por apoios e recebimento de documentos e acervos de arquitetos, para viabilizar uma concentração da produção cultural e científica de arquitetos do Estado